Aline Calixto na cozinha

0
Aline Calixto na cozinha

Aline Calixto

“Dedico grande parte do meu tempo ao samba. Mas também gosto de sorvete de creme, banana, Clarice Lispector, Saramago, jogar buraco, Ney Matogrosso, Roberto Carlos, Betânia, bossa, salsa, alguns rocks e de uma macumbinha de vez em quando.”

É com essa auto-definição, postada em seu blog Sambalaio, que a cantora Aline Calixto chega, com todo sua simpatia, para estrelar o Fora da Cozinha dessa edição.
Carioca de nascimento e mineira de coração, Aline tem se destacado no cenário de samba.

Atualmente está rodando o Brasil com o show de lançamento do CD Aline Calixto, além de trabalhar em novas composições. Ela revela, ainda, que dentre as novas músicas, uma é relacionada à culinária, mas que ainda não está pronta. “Estou ‘cozinhando’ mais um pouquinho.”, adianta.

A nova revelação da MPB explica que a relação música e gastronomia no samba é antiga. “As famosas feijoadas, inúmeros tira-gostos, estão sempre presentes nas rodas de samba. O compositor e sambista Moacyr Luz tem o samba Delírio da Baixa Gastronomia, que retrata bem essa união. É de dar água na boca, ouçam!”

Revirando o baú gastronômico de Aline Calixto.

Criança – Biscoito de polvilho e rosquinhas eram meus quitutes favoritos e os comia sempre na casa da minha avó Mina.

Amigos – Não dispenso um bom tira-gosto.

Café da manhã – Cereal e cafezinho.

Madrugada – Geralmente não sinto fome de madrugada.

Restaurante – Nossa, tenho vários preferidos. O que mais gosto de comer neles são os frutos do mar.

Dia-a-dia – Arroz e feijão – dupla perfeita.

Só amarrado – Quiabo.

Tradição –Bobó de Camarão.

Copo – Suco de laranja.

Sonho – Alguns pratos exóticos. Esse ano estive na Espanha e pude experimentar um fruto do mar típico de lá. Se chama Percebe, tem um sabor bastante interessante.

Compondo e tocando – Antes de tocar prefiro alimentos leves. Vou de frutas.