Gastronomia em casa

0
Gastronomia em casa

Os jovens chefs

Uma tendência que a cada dia se consolida mais na gastronomia é o serviço oferecido direto em casa, com profissionais que planejam e executam o cardápio no conforto de seu lar. Pensando nesse formato, os sócios Rogério Nacarato Geo e Ricardo Mitsuo Setoue montaram a Aïoli, uma empresa que busca resgatar momentos de confraternização à mesa em um ambiente aconchegante e familiar. “Era comum quando trabalhávamos em restaurante, um cliente perguntar se poderíamos preparar um determinado prato em sua casa, para uma reunião com familiares ou amigos”, conta Geo.

Segundo eles, o serviço desperta a curiosidade dos convidados, que acompanham o preparo, tiram dúvidas e alguns até participam da montagem dos pratos. Cria-se assim um ambiente mais informal, possibilitando uma interação maior com os convidados, o que faz do jantar um momento de socialização, “falamos de viagens, comida, vinhos e trocamos experiências”, completa Geo.

Os jovens chefs organizam tudo, inclusive, vão pessoalmente escolher os ingredientes que irão utilizar. Setoue conta que isso já é comum em muitos países como França, Itália, Espanha e também no Brasil, “é conhecida como cozinha de mercado, em que o próprio cozinheiro vai escolher sua matéria-prima para ter certeza de frescor, origem e qualidade de todos os produtos, adequando seu menu aos ingredientes de cada estação”.
Geo e Setoue contam, ainda, que o reconhecimento do trabalho não está ligado a um espaço físico. “Existe o reconhecimento e a divulgação sim, de forma diferente apenas. Não têm a mesma abrangência de um bom restaurante, mas acontece através dos elogios, e-mails de agradecimento e indicações que recebemos” Para eles, saber que estão fazendo um bom trabalho e uma boa comida é o maior reconhecimento, concluem os dois em uma sintonia perfeita de palavras, assim como na cozinha.