As frutas preferidas dos chefs

0
As frutas preferidas dos chefs

Carpaccio de frutas do Chef Eudes Assis

“Na minha dieta alimentar não pode faltar uma boa salada de frutas frescas, com macã, pera, mamão, melancia, banana, abacaxi, regada de suco de laranja e finalizada com granola e mel de abelha. Conforme a época, vou variando as frutas. Quanto à preferência, digo que sou apaixonada por melancia e a reação diurética que ela proporciona. Me faz muito bem.”
Nivia Maria

“Posso dizer que foi em Angola onde comi a fruta mais estranha e sabososa. A fruta chama-se ginguenga e comida juntamente com sal e malaguetas. Fica diferente, exótico e muito bom.”
Bruno Caetano Oliveira

“Gosto de todas as frutas, mas quanto mais doce melhor. Portanto, minhas preferidas são fruta de conde e caqui.”
Andréa Tinoco

“Gosto de quase tudo, pêssego, uva, atemoya, abacaxi, melancia. Cada uma tem o seu momento. A maçã é sempre verde e não dispenso limão siciliano, verde e galego para temperar.”
Felipe Bronze

“Algumas frutas fazem parte da minha infância. Lembro-me da época que subia em arvores só para apanhar frutos que minha mãe, posteriormente, fazia doces e geléia. Atrás da minha escola tinha um pé de caju que carregava quando estava em época. Gosto de comer e preparar na minha cozinha frutas que fazem parte da minha história. Alguns chefs chamam essa tendência de confort food, o alimento emocional que desperta sensações agradáveis e evoca o prazer e o bem-estar ligado à infância e à história de vida.”
Eudes Assis

“Sempre uso frutas em meus pratos. Mas in natura eu adoro mesmo o cajú, daqueles suculentos que abusam de tanto suco. E também a tangerina, no ponto certo, dessas que podiam ter uns trinta gomos para não acabar nunca mais. As frutas, mesmo as que originalmente não são nativas, são hoje traços fundamentais da identidade gastronômica brasileira. Aqui elas nascem com muito mais vontade.”
Christopher Cabicieri