Interesse do público marca participação do gosto Umami no “Semana Mesa SP”

0

O gosto Umami marcou presença, entre os dias 25 e 27, no “Semana Mesa SP”, e foi um dos principais destaques do “Mesa Tendências”, que aconteceu no Centro Universitário SENAC, em São Paulo. Além de um stand, onde o público pôde degustar alimentos ricos em Umami e buscar mais informações sobre o tema, o Comitê Umami Brasil levou ao evento uma especialista para palestrar sobre o assunto, além de um vídeo explicativo.

Descoberto há mais de cem anos pelo químico Kikunae Ikeda, o gosto Umami ainda é pouco conhecido no país. Para mudar esse cenário, o principal objetivo do Comitê Umami Brasil no “Semana Mesa SP” foi levar o conceito do quinto gosto aos profissionais ligados à gastronomia, estudantes e jornalistas.

O stand do gosto Umami foi um dos mais frequentados do “Mesa Tendências” e atraiu desde participantes curiosos, até chefs e profissionais da imprensa. Durante os três dias foram distribuídos materiais explicativos, além da degustação de pratos preparados à base de alimentos ricos em Umami, como a verrini de tomate, shimeji e queijo parmesão, e o cuscuz paulista, feito com milho, ervilha, ovos, tomate e sardinha.

O Comitê Umami Brasil também levou ao evento a especialista Hellen Maluly, professora de Bromatologia da Faculdade Oswaldo Cruz. Com a palestra “Umami, o quinto gosto básico – Ciência e Prazeres Gastronômicos”, que aconteceu na terça (25), Hellen abordou aspectos culturais, químicos e históricos do quinto gosto. “O Umami tem duas qualidades muito características: o aumento da salivação e a continuidade do gosto”, destacou a especialista durante a palestra, que aconteceu no auditório 3.

Por fim, foi veiculado um vídeo de dois minutos, entre as palestras que aconteceram no auditório principal, que apresentou ao público algumas informações básicas sobre o quinto gosto.

GOSTO UMAMI

O gosto Umami é o quinto gosto básico do paladar humano e foi descoberto em 1908 pelo químico japonês Kikunai Ikeda. Porém, o gosto só foi reconhecido pela comunidade científica em 2000, quando pesquisadores da universidade de Miami encontraram um receptor específico para o gosto. O aminoácido ácido glutâmico, o os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias que proporcionam o quinto gosto. Queijo parmesão, tomate, cogumelos e carnes em geral são os alimentos que têm estas substâncias em maior proporção e por isso possuem o gosto Umami mais acentuado. As duas principais características do Umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos.