Um espaço destinado ao café

0

Por Marina Albano

Profissionais, comerciantes e amantes do café já tem um lugar para incentivar o intercâmbio de informações entre diferentes elos da cadeia produtiva do café. A Academia do Café é um espaço inovador que reúne renomados profissionais para a promoção, o aprendizado e o conhecimento das etapas que determinam à qualidade de um verdadeiro café especial.

A Academia é um projeto de Bruno Souza, empresário e 4ª geração de uma família produtora de café. A história do empresário com o café tem um ponto importante em 2002 quando foi morar nos Estados Unidos. “Tive uma percepção de que era necessária a recuperação da imagem do café brasileiro no exterior”.

E para alcançar esse objetivo, foi inaugurado em abril deste ano a Academia do Café, com o intuito de ter um espaço de treinamento, formação técnica e um laboratório para avaliar e selecionar grãos. “Será possível selecionar lotes especiais que serão fornecidos para o mercado interno e externo”, afirma Bruno.

E por que escolher se fixar em Minas Gerais? De acordo com o empresário, é evidente a importância de Minas no cenário cafeeiro. “O nosso estado produz 70% do café tipo arábica, Minas está em primeiro lugar e não haveria lugar mais apropriado para receber uma academia para profissionais do café”.

O mercado do café é uma cadeia que envolve produtor, indústria e serviços. Parceiro de Bruno Souza na Academia do Café, para o especialista e consultor Ensei Neto, o barista é o cara do balcão, o mestre de torras avalia e caracteriza o grão e o degustador trabalha no controle de qualidade, provando amostras para avaliar se os grãos estão bons. “O mercado precisa de profissionais capacitados, seja para a torra do grão, como para o preparado da bebida. Envolve um processo, uma evolução que precisa concluir etapas”, destaca.

Segundo Ensei, o barista se tornou um profissional supervalorizado. “Nós queremos resgatar um profissional completo. E principalmente aquele que não seja pautado por um momento, mas, que possa manter um modelo tradicional, que saiba fazer um café coado, por exemplo”.

Qualidade na cafeicultura, demandas mundiais e oportunidades são temáticas que estarão constantemente na pauta da Academia do Café. Bruno e Ensei são unânimes ao afirmarem a importância da bebida. “O café é um produto de território, que tem origem e característica. A diversidade é muito interessante. É importante para a academia mostrar os cafés, suas qualidades e também ressaltar os produtos de outros estados. Descobrir cafés e produtores”, finaliza os parceiros.

Academia do Café

Endereço: Avenida do Contorno 4392, Funcionários, Belo Horizonte – MG

Contato: academiadocafe@gmail.com
Fone: (31) 3223-8565