Primeiro dia da semana Internacional do Café tem recorde de público

0

Crédito: Bruno Lavorato

 

Que o cafezinho é paixão nacional ninguém duvida. O que o primeiro dia da Semana Internacional do Café, o maior evento do setor no país, confirmou é que de cafezinho, assim, no diminutivo, o produto só tem mesmo o apelido carinhoso. De resto, são só superlativos. Ontem passaram pelo Expominas 5 mil visitantes – um recorde histórico do evento, que acontece desde 2006. Os segundo e terceiro dias costumam ser ainda mais movimentados, uma vez que o público, principalmente de fora, vai chegando aos poucos. Ou seja, tudo indica que a SIC 2017 vai ter recorde de público geral até o último dia do evento, que é amanhã, 27 de outubro.

Dois pontos chamam a atenção de quem passa pelo Expominas: a diversidade do público – de produtores, passando por baristas e consumidores finais, até curiosos e ultraespecialistas no assunto. O outro aspecto diz respeito à mudança de posicionamento do produto: “o Brasil deixa de ser vendedor de commodity para vender a experiência de se beber café”, é o que disse Afonso Rocha, superintendente do Sebrae-MG. Uma das entidades organizadoras ao lado do Sistema FAEMG, Café Editora, Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa) e Codemig.