Nós temos bananas

0

A banana, aliás, as bananas fazem parte da mesa brasileira. De vários tipos, a fruta é uma das mais consumidas no Brasil, seja pela facilidade de produção e acesso ou pelo paladar e valor que essa fruta tem para o país.

Nós temos bananas

Se tornou marca registrada do Brasil e muito disso se deve à saudosa Carmem Miranda, afirma o chef e pesquisador Ignácio Dornellas. Ele destaca que a cantora, famosa na chamada ‘Época de Ouro’ do rádio no Brasil, chamou a atenção por seus elaborados turbantes que carregavam, entre outras coisas, bananas. Além disso, a fruta era temática de um deu seus mais consagrados sucessos, Chiquita Banana.

Apesar da origem da banana não ser brasileira e sim asiática, nós reconhecemos nessa fruta nacionalidade e identidade necessários para tomá-la como nossa. O que é muito bom, diante dos benefícios nutricionais que a banana oferece. Segundo a nutricionista Lorena Maranhão de Abreu, a fruta é rica em potássio, carboidratos, sais mineiras e vitaminas A e C.

Para a nutricionista, o consumo regular da fruta ajuda no bom funcionamento muscular, já que é uma poderosa fonte de energia. “Pesquisas recentes apontam também que a banana pode contribuir no combate à depressão, por conter triptofano, substância que aumenta os níveis de serotonina, agindo como antidepressivo”, completa Lorena.

Já o chef Célio Amarante, destaca a versatilidade da banana. “É uma fruta que não pode faltar na cozinha, pois se dá bem em todo o cardápio, seja doce ou salgado”. Ele ainda ensina como escolher corretamente a fruta. “Se você quer bananas bem maduras, opte pelas que estejam firmes e sem manchas. Agora, se você for comprar bananas verdes, tenha o cuidado de esperar que amadurem em temperatura ambiente, para que o sabor seja acentuado”.

Farinha de banana verde

Essa recente modalidade de banana tem caído no gosto daqueles que buscam uma alimentação saudável. Isso porque a farinha de banana verde contem o ‘amido resistente’, substância que não sofre quebra de enzimas no processo de digestão.

O que isso quer dizer? A nutricionista Lorena explica que essa ação pode reduzir os níveis de açúcar no sangue, o que chama a atenção dos diabéticos. Assim como, produzir uma sensação de saciedade, motivo pelo qual se tornou febre para os que buscam emagrecimento.