Conheça a Chef Mariana Palmeira

0
Entrevista com a Chef Mariana Palmeira

Mariana Palmeira

Ela abandonou a fisioterapia para virar chef de cozinha. Nascida em Maringá, no Paraná, Mariana Palmeira é nossa entrevista esse mês. A jovem que participou do reality show Super Chef, produzido pelo programa Mais Você da Rede Globo, conta sobre sua carreira e projetos na gastronomia. Atualmente, Mariana está à frente do Yuca Gourmet, no Rio de Janeiro, juntamente com Dalton Rangel, que também participou do reality.

Quais projetos desenvolve atualmente?
Apesar de andar bem ocupada ultimamente com o Yuca Gourmet (o primeiro filho sempre da mais trabalho!!), estou escrevendo um livro com uma pesquisadora sobre as plantas comestíveis da Mata Atlântica, que será publicado até o meio de 2010. Também estou me preparando para o Cruzeiro Gourmet da Costa Cruzeiros, que acontece em fevereiro e será coordenado pela Chef Monica Rangel.

Como analisa a valorização da gastronomia como cultura?
Penso que no Brasil ainda estamos desenvolvendo a nossa gastronomia, porém, numa velocidade bem acelerada. Aacredito que dessa forma estamos também modifi-cando esse lado cultural do povo brasileiro, que está a cada dia mais exigente e com o paladar mais apurado.

Qual importância dessa miscigenação cultural para a gastronomia?
Todo povo tem algo a ensinar, o importante é absorvermos o que vemos de melhor em cada culinária. Essa troca de conhecimento resulta em crescimento e verdadeiras obras de arte. Quando pegamos, por exemplo, ingredientes brasileiros e utilizamos técnicas francesas e, por fim, brincamos dando um toque oriental!

Como você analisa a evolução e futuro da gastronomia?
Acredito que cada país evolui tomando um certo rumo e espero que para o Brasil os próprios chefs brasileiros valorizem cada vez mais os nossos ingredientes e a nossa gastronomia, estudando e buscando nossas origens. Desde que não deixem de lado as técnicas que herdamos de outras culturas.

E os nossos futuros chefs, estão se preparando adequadamente?
As escolas de gastronomia estão se aprimorando mais a cada dia, porém, são muitas e o futuro dos chefs não depende somente delas, mas também do esforço de cada uma. Temos que ter a consciência de que estudar apenas não basta, a experiência na prática do dia-a-dia de um restaurante conta muito.

Como foi participar do Super Chef?
Tudo de bom! Uma experiência única na vida, que me trouxe crescimento profissional e pessoal, além de abrir muitas portas.

Você não é vegetariana, mas dá preferência a proteínas que não sejam animais, fale sobre isso.
Gosto de pesquisar e não penso sempre na proteína animal como ingrediente principal de um prato. Temos que nos alimentar de uma forma equilibrada e às vezes nos acomodamos consumindo a proteína animal e nos esquecemos dos benefícios das outras fontes de proteína.

O que te emociona na cozinha?
Satisfazer o comensal. Fico feliz quando proporciono prazer a quem esta provando a minha comida. Não tem nada mais emocionante!

Defina a cozinha de Mariana Palmeira.
Simples, delicada e ousada.

Para finalizar, o que a chef gosta de comer?
Sou muito comilona, aliás, não conheço ninguém que goste de cozinhar e não goste de comer. Sonho com a maioria dos pratos que crio e com certeza eles veem de desejos gastronômicos pessoais. Mas penso sempre no valor nutricional de tudo. Procuro me alimentar e proporcionar ao meu cliente uma alimentação saudável.